Esclareça as suas dúvidas sobre o Ubiquinol

ubiquinol
3 minutos para ler

A Coenzima Q10 (ou CoQ10) é um nutriente importante para o corpo e naturalmente é encontrada nas células. É um dos responsáveis por auxiliar na reparação celular, fornecer energia e, ainda, tem efeito antioxidante. No entanto, o Ubiquinol é uma forma reduzida da CoQ10, e leva esse nome pelo seu significado, que expressa presente em todas as partes.

O Ubiquinol pode ser indicado para algumas necessidades, haja vista que, com o passar do tempo, principalmente após os 30 anos, é comum o corpo diminuir a produção desse tipo de enzima. Portanto, a sua suplementação serve para ajudar na saúde cardiovascular, no sistema nervoso e imunológico, na reconstrução muscular e outros.

Acompanhe nesta leitura mais detalhes sobre o Ubiquinol e o CoQ10 e saiba quando suplementar esses nutrientes!

Entenda a diferença entre Coenzima Q10 e Ubiquinol

A CoQ10 é forma inativa da enzima no corpo, que logo se transformará em ativa, o chamado Ubiquinol. Em outras palavras, os dois compostos têm finalidades iguais, mas o Ubiquinol é mais eficiente na ação, pois consegue elevar ainda mais os níveis do antioxidante no sangue, acarretando em mais energia para as células.

O Ubiquinol é um composto um pouco superior, comparado aos efeitos do Coenzima Q10, devido à sua biodisponibilidade, que faz ele ser absorvido por todo corpo. Já o outro, parte do CoQ10 não tem a mesma facilidade de absorção no intestino.

Veja como consumir o Ubiquinol

Trata-se de um suplemento lipossolúvel, por isso, seja Ubiquinol ou Coenzima Q10, o consumo deve ser, preferencialmente, junto a uma refeição rica em ácidos gordos, como no almoço, que costuma ter mais variedade de nutrientes.

Por outro lado, essa alimentação atrasará um pouco o trânsito intestinal, mas dará mais tempo para os compostos serem absorvidos. Geralmente, as doses diárias são divididas entre 2 a 3 vezes ao dia, para cápsulas de 20 a 500 mg.

Saiba os efeitos colaterais

Como todo suplemento consumido em excesso ou sem acompanhamento, podem surgir efeitos colaterais, como diminuição dos níveis de açúcar em pacientes com diabetes ou baixa glicemia. Além disso, uma superdosagem pode acarretar dores abdominais e de estômago e leve insônia.

Para longos períodos de suplementação acima de 300 mg/dia, pode elevar as enzimas no fígado e levar a toxicidade hepática. Portanto, em caso de qualquer sinal de mal-estar ou desconforto, pare a suplementação imediatamente e procure seu médico.

Conheça os seus benefícios para saúde

O Ubiquinol, quando consumido de forma correta e por uma indicação médica, pode trazer vários benefícios à sua saúde. Listamos alguns a seguir:

  • alto fornecimento de energia que melhora seu rendimento físico;
  • efeito antioxidante ajudando na redução de fadiga muscular;
  • auxílio no tratamento de insuficiência cardiovascular e hipertensão;
  • controle do colesterol ruim;
  • contribui com a vitalidade e entre outras vantagens.

Por fim, o Ubiquinol é um composto alimentar com vários benefícios à saúde e você pode manipular em uma farmácia de confiança, como na B3 Farma, que já tem um catálogo de produtos de qualidade. Porém, é válido reforçar: toda suplementação deve ser consumida com responsabilidade e acompanhada por um médico, para evitar efeitos indesejáveis.

Entre em contato com a B3 Farma e conheça as nossas opções de produtos ou faça um orçamento do seu manipulado!

Você também pode gostar

Deixe um comentário