Protetor solar em cápsulas é bom? Entenda como funciona.

Protetor solar em cápsulas é bom? Entenda como funciona.
6 minutos para ler

Não é de hoje que os médicos e a indústria farmacêutica alertam sobre os cuidados com a pele contra o sol. Afinal, a sua queimadura contribui com o câncer de pele, que corresponde a 33% dos casos da doença no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer. Logo, quem se expõe com a ideia de ativar a vitamina D para elevar a imunidade deve considerar a suplementação com medicamentos manipulados, que ajudam nesse aspecto.

Além disso, é necessário redobrar a atenção quanto ao uso de cosméticos que inibem os raios solares causadores de sérios danos à pele. Para isso, além dos produtos tópicos, como em creme e gel, o protetor solar em cápsulas é outra opção relevante para quem tem algum problema de pele e predisposição para o câncer, pois esse item ameniza a ação do sol.

Acompanhe, nesta leitura que preparamos para você, tudo sobre os protetores solares e sua prevenção!

O que é o protetor solar?

É um produto normalmente comercializado em forma de creme, gel ou spray que ajuda na proteção contra os raios ultravioletas do sol. Algumas fórmulas mais modernas já apresentam tecnologia com cor, como uma maquiagem, para contribuir com a proteção da luz azul (notebooks, celular e lâmpadas, por exemplo).

No geral, o principal foco dessa loção é contar com dois tipos de filtro, como o mineral ou físico, que funciona como uma proteção UV, bloqueador solar, para atuar não só na absorção dos raios, mas em refletir e dispersar a ação do sol. Já o filtro químico tem a proteção UVA e UVB, que combinam diferentes filtros UV e elevam a proteção da pele baseada unicamente na absorção dos raios.

Por que usar diariamente?

O filtro solar deve ser aplicado como uma camada protetora generosa na pele que retarda os danos causados pelo sol. Portanto, todos os dias, por mais que não esteja ensolarado, os raios ultravioleta estão agindo e podem, sim, causar queimaduras, manchas e demais consequências à pele.

Além disso, é fundamental retocar o produto ao longo do dia, principalmente após bastante suor e quando se tem contato com a água. Nesses casos é ideal aplicar o produto a cada 2 horas, afinal, o protetor sai gradativamente e diminui a sua ação.

Como escolher o protetor ideal?

Sobretudo, para que a sua eficiência seja garantida, é necessário levar em conta o FPS, o fator do protetor solar, pois é essa medida que orienta o grau de ampliação protetiva do filtro. Por exemplo, uma pessoa que sofre queimaduras solares em 5 minutos, ao usar um FPS 30, vai demorar 30 vezes mais para sofrer os danos, portanto, 150 minutos.

Porém, para que a proteção realmente funcione dentro desse período, a pessoa precisa aplicar 5g de produto em cada segmento corporal, como uma colher de chá para cada braço e 100g no tronco. Portanto, como é mais difícil seguir essas medidas, dê preferência aos fatores maiores que 30 e reaplique ao longo do dia.

Assim, por mais que você passe uma quantidade de creme menor do que a recomendada, ainda corresponderá ao FPS 30, que é o mínimo de proteção. Contudo, também considere a pigmentação da sua pele, pois quanto mais clara, maior deve ser o grau de proteção.

Quais os tipos de protetor solar?

Agora que você conhece como funciona um protetor solar, veja abaixo os tipos de produtos indicados para cada segmento corporal.

Labial

Assim como o restante do corpo, os lábios precisam de cuidados e devem se manter protegidos do sol. Devido às queimaduras, podem ocorrer rachaduras e feridas. Por isso, o protetor solar também tem FPS para proteção e conta com ação hidratante para manter o aspecto bonito e saudável da boca.

Facial

A proteção para a região da face e colo deve ser analisada separadamente do corpo, pois essa região fica mais exposta aos aparelhos digitais — por isso, é importante contar com um protetor contra luz azul, além dos raios UVA/UVB.

Entretanto, você encontra protetor solar facial que tenha apenas esse objetivo, como também cremes com filtro solar. Nessa segunda opção, o cosmético pode ter várias ações, como pró-idade, colágeno, controle de oleosidade, ácido hialurônico e outros ativos que tratam a pele enquanto protege do sol.

Corporal

Por fim, o protetor solar corporal geralmente é mais denso para fixar melhor na pele e resistir à água, por exemplo. Contudo, deve-se evitar o seu uso no rosto, pois devido à sua composição ele pode aumentar a oleosidade na região facial. Afinal, a textura da pele do corpo é diferente da pele da face.

Protetor solar em cápsulas

A ideia de protetor solar em cápsulas ainda pode ser uma novidade para várias pessoas e até mesmo estranha. Mas essa opção é uma realidade com a proposta de complementar a ação em conjunto a outros métodos preventivos contra raios solares. Além disso, o recurso é mais eficiente quando tem a recomendação de uma receita individual para a pessoa.

Nesse sentido, o produto não tem uma contraindicação, apesar de ser mais indicado para quem tem alguma mancha, vitiligo, melasma ou predisposição para o câncer de pele, como comentamos no início do texto. As cápsulas geralmente são encontradas em farmácias de manipulação, como a B3 Farma, mas o seu dermatologista pode fazer as orientações para manipular conforme as características da sua pele.

Como funciona?

Esse tipo de protetor solar funciona de dentro para fora, portanto, ele cria mais uma barreira extra na pele, contra os raios UV, refletindo a radiação solar. Porém, não deve ser trocado pelos filtros tópicos, como os tipos de creme, gel e spray, nem dispensa o uso de camisetas, óculos de sol e bonés ou chapéus.

A função do protetor solar em cápsula é deixar a proteção mais completa e auxiliar na prevenção de queimadura, vermelhidão, descamação, envelhecimento e ressecamento, pois tem ação antioxidante. Por isso, é recomendada a indicação médica para escolher os ativos conforme o paciente.

Para o resultado esperado, a pessoa precisa usar diariamente as cápsulas, assim como o protetor solar comum. No entanto, caso você tenha uma viagem programada, pode iniciar a ingestão do manipulado com pelo menos 20 dias de antecedência de maior exposição ao sol, para aumentar a sua prevenção.

Esse tipo de fotoprotetor oral pode ser manipulado na B3 Farma conforme as suas exigências. Além disso, a farmácia de manipulação conta com outros produtos que podem ajudar nos cuidados da sua pele, sempre produzidos com matéria-prima de qualidade para garantir a sua saúde. Portanto, conheça o nosso protetor solar em cápsula e mantenha a sua pele prevenida dos raios ultravioleta!

Aproveite para entrar em contato com a gente agora mesmo para fazer o seu orçamento ou tirar suas dúvidas!

Você também pode gostar

Deixe um comentário