Descubra como fazer um planejamento alimentar saudável e eficiente

planejamento alimentar
4 minutos para ler

Uma das dificuldades mais recorrentes para quem tem como objetivo emagrecer com saúde é a falta de tempo para seguir uma dieta. O dia a dia corrido dificulta a adoção de uma alimentação saudável, mas isso é possível com um planejamento alimentar eficiente e personalizado.

Neste artigo vamos orientar sobre como organizar uma dieta para emagrecer de maneira saudável, com base em um novo estilo de vida e respeitando as necessidades individuais. Acompanhe!

Faça um planejamento alimentar personalizado

As orientações para uma alimentação saudável são semelhantes, mas é imprescindível considerar que os metabolismos e estilos de vida são únicos e se tornam fatores determinantes para a conquista de bons resultados. Assim, antes de pensar em qualquer tipo de dieta alimentar é fundamental buscar o acompanhamento de um profissional.

Além do histórico de doenças na família, é importante considerar as necessidades nutricionais individuais, bem como a rotina e estilo de vida atual. Veja, a seguir, alguns dos principais aspectos que devem ser observados para um planejamento alimentar saudável e eficiente.

Trace seus objetivos

Com a ajuda de um profissional é possível traçar metas reais que, ao serem alcançadas, estimulam o processo de emagrecimento. Mas é importante não focar apenas no peso. Esqueça um pouco a balança e pense em outras métricas, como a massa magra obtida ou a quantidade de gordura perdida. É importante observar que o músculo é feito de água e, por isso, ele pesa mais do que a gordura.

Considere a sua rotina

A possibilidade de obter sucesso com um plano alimentar inadequado à sua rotina é mínima. Por isso, é importante montar os horários das refeições de acordo com as suas atividades diárias, com base em um planejamento que permita preparar porções diárias ou semanais para serem consumidas em horários recomendados. Dessa forma, é possível garantir uma nutrição equilibrada e contínua.

Varie as opções para não ter um cardápio limitado

Iniciar uma reeducação alimentar significa deixar de consumir alimentos com os quais estava acostumado, como hambúrgueres, pizzas, doces, bolachas, pães, entre outros, substituindo-os por aqueles que apresentam maior riqueza nutricional. Isso pode fazer com que a pessoa se sinta limitada em suas opções.

Para contornar esse problema e ter mais possibilidades de escolha, é preciso diversificar o cardápio. Nesse sentido, é importante considerar alimentos saudáveis que podem e devem ser consumidos para substituir produtos industrializados e gordurosos. Veja, a seguir, alguns dos alimentos indispensáveis em uma alimentação saudável:

  • carne branca — o frango contém menos colesterol e gorduras comparado à carne bovina por conter zinco e ferro. O seu consumo ajuda a formar músculos, transportar oxigênio e melhorar o sistema imunológico;
  • castanha-do-pará — uma por dia é suficiente para suprir a quantidade necessária de selênio para o organismo. Esse nutriente previne o Mal de Alzheimer e auxilia no bom funcionamento da tireoide e do cérebro, mas o seu consumo em excesso é prejudicial à saúde;
  • cenoura — contém vitamina A e as do complexo B, bem como potássio, fósforo, betacaroteno e cálcio. Auxilia no equilíbrio do organismo, desacelera o envelhecimento e favorece a saúde dos olhos;
  • frutas cítricas — acerola, limão, laranja e abacaxi são alguns exemplos desses alimentos essenciais devido às suas propriedades antioxidantes, pois contém grandes quantidades de vitamina C. Fortalecem o sistema imunológico e previnem doenças;
  • ovo — cozido ou mexido, esse alimento beneficia os olhos e o cérebro, pois contém, entre outros minerais, ácido fólico, zinco, colina, potássio e proteína. Pelo fato de apresentar baixo nível de gordura saturada, é altamente eficaz em dietas saudáveis.

Mude seu estilo de vida

O planejamento alimentar deve considerar que a mudança na alimentação altera vários aspectos na rotina de uma pessoa. Assim, é importante aproveitar esse momento para adotar um estilo de vida mais saudável. Isso inclui abandonar vícios como o tabagismo e iniciar um programa de exercícios físicos para emagrecer.

Também é importante organizar o tempo para se permitir atividades ao ar livre. Essas ações, acompanhadas de um planejamento alimentar personalizado e acompanhamento médico, possibilitam obter bons resultados no emagrecimento e conquistar uma melhor qualidade de vida.

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam como fazer um planejamento alimentar saudável e eficiente!

Você também pode gostar

Deixe um comentário