Confira dicas de como cuidar da pele oleosa

Saiba como hidratar a pele oleosa e evitar o efeito rebote. Entenda melhor a importância de beber dois litros de água por dia.
4 minutos para ler

A pele oleosa se caracteriza por ter um aspecto mais brilhante e espesso que a pele normal, devido ao excesso de produção de sebo. Além de ser um fator genético, desequilíbrios hormonais, excesso de sol, estresse, falta de uma rotina de cuidados e uma alimentação rica em alimentos gordurosos contribuem para a oleosidade.

Esse tipo de pele também apresenta poros mais dilatados e maior tendência à formação de acne, de cravos e espinhas na zona T (testa, nariz e queixo). Embora seja um grande problema para algumas pessoas, é possível contornar os incômodos que ela causa.

Veja, a seguir, algumas dicas sobre como cuidar da pele oleosa!

Não durma com maquiagem

Dormir maquiada é um dos maiores erros. Esse descuido piora a oleosidade pelo acúmulo de resíduos. Além disso, pode favorecer o surgimento de acne e acelerar o envelhecimento. Assim, antes de ir para a cama, limpe muito bem o rosto. Um dos melhores produtos para isso é a água micelar, que limpa e hidrata ao mesmo tempo. Por conter uma fórmula suave e livre de componentes que podem provocar irritações, ela pode ser usada até em peles mais sensíveis.

Tenha uma rotina de cuidados com a beleza

Para ter uma pele saudável, é fundamental adotar cuidados diários, que incluem limpeza, tonificação, hidratação, aplicação de sérum com vitamina C e fotoproteção pela manhã. O filtro solar deve ter um toque seco e conseguir controlar a oleosidade. À noite, a limpeza e a hidratação também são indispensáveis. Para os casos que apresentam muitas espinhas em diversas regiões do rosto, é importante consultar um dermatologista.

Faça esfoliações semanais

A esfoliação apresenta vantagens específicas para quem tem pele oleosa. Isso porque ela promove uma limpeza profunda e desobstrui os poros, controlando a oleosidade e reduzindo o surgimento de acne, que é provocada pelo excesso de sebo. Como a esfoliação envolve um pouco de fricção, é recomendável que ela seja feita apenas uma vez na semana, para evitar o efeito rebote, que é uma produção maior de oleosidade como forma de defesa do organismo.

Aposte na hidratação correta para o seu tipo de pele

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a pele oleosa também precisa de hidratação, pois ela repõe a água, uma substância fundamental para o bom funcionamento do corpo. Assim, o ideal para manter a pele hidratada é usar dermocosméticos livres de óleo e ingerir, no mínimo, dois litros de água por dia.

Isso porque grande parte do sebo, que dá a aparência brilhosa, é produzido para hidratar a pele. Quando ela já está bem hidratada, o organismo interpreta como não sendo necessário produzir mais oleosidade para suprir essa necessidade, fazendo com que a pele fique menos oleosa.

Aplique máscara de argila verde

A argila verde tem ação adstringente, tonificante e secativa. Ajuda a remover o excesso de oleosidade e seca os cravos e espinhas. Ela pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e aplicada semanalmente, porém, não deve ser usada no mesmo dia destinado à esfoliação.

De todos esses cuidados, o mais importante é a limpeza do rosto. Ela deve ser feita duas vezes ao dia com um produto adequado, como o sabonete líquido oil control da B3 Farma, que contém a fórmula ideal para a pele oleosa. Além disso, é fundamental manter uma alimentação saudável e beber bastante água, para hidratar a pele de dentro para fora.

Gostou dessas dicas? Visite o nosso site para saber mais sobre produtos ideais para a pele oleosa!

Você também pode gostar

Deixe um comentário