10 dicas de como diminuir a flacidez da barriga

Ter o abdômen flácido é um problema indesejado. Acompanhe este post, veja as causas e como diminuir a flacidez da barriga!
8 minutos para ler

Ter o abdômen flácido é um problema indesejado tanto para os homens como para as mulheres. Por isso, buscar alternativas para diminuir a flacidez na barriga é bastante comum. Principalmente a partir dos 30 anos, faixa etária na qual há o crescimento da concentração de gordura abdominal.

Dessa forma, ao entender para que serve o termogênico e sua ação nessa jornada, aliado à mudança de alguns hábitos, é possível reverter a situação, prolongar a juventude, ter mais saúde e, claro, ter uma barriga mais firme ou até definida — mesmo que nunca você tenha alcançado essa característica quando mais jovem. Afinal, existem métodos e produtos para auxiliar na chegada desse objetivo.

Por isso, acompanhe este post e veja as causas da flacidez abdominal e como diminuir o problema. Boa leitura!

Quais as causas da flacidez?

Entre as principais causas da barriga flácida, assim como o acúmulo de gordura abdominal, estão os hábitos como: sedentarismo, alimentação pobre em nutrientes, excesso de bebidas alcoólicas e refrigerantes, tabagismo e variações consideráveis de peso.

Além desses fatores, depois dos 30 anos a produção de colágeno e a massa muscular diminuem gradativamente. Como resultado, a flacidez da pele e o ganho de gordura aumentam. Por isso, quanto mais cedo você começar a se cuidar, melhores serão os seus resultados e menos será difícil manter o fortalecimento da pele e musculatura.

Alguns suplementos são poderosos nesse quesito, como o colágeno e os termogênicos. Eles podem ajudar seu organismo de dentro para fora, garantindo o fim da flacidez na barriga. Então, entender para que serve o termogênico é fundamental para quem busca resultados positivos.

Como diminuir a flacidez na barriga?

A flacidez não ocorre da noite para o dia, por isso, a reversão desse processo também é lenta — às vezes, até mais demorado para perder do que ganhar. Contudo, com as dicas a seguir, será possível conquistar um tônus abdominal melhor e mais rápido do que você espera.

1. Tenha uma boa alimentação

O consumo de alimentos, como doces, biscoitos, pães com farinha branca e outros industrializados, podem até oferecer energia, mas são de baixo valor nutricional. Por isso, sempre dê preferência aos alimentos naturais, coloridos e ricos em nutrientes.

Consuma legumes, frutas, carnes magras, ovos e queijos, além dos carboidratos como batata-inglesa, batata-doce, arroz, feijão etc. Para montar um cardápio saudável, procure ter medidas e equilíbrio nas refeições — por exemplo, evitar a ingestão exclusiva de carboidrato no café da manhã.

2. Evite maus carboidratos

Primeiramente, é preciso entender que, na prática, não é uma boa ideia classificar de modo generalista os carboidratos como “ruins” ou “bons”, pois, muitas vezes, isso demoniza os alimentos e cria uma repulsa nas pessoas.

Porém, de um modo geral, os maus carboidratos são aqueles simples e processados, com adição de açúcar e outros grãos refinados. Eles estão presentes em alimentos que já conhecemos como o pãozinho branco, refrigerantes, doces, massas tradicionais, bebidas energéticas e outros.

O problema com esses carboidratos ruins é que eles não fazem nada ao organismo a não ser fornecer energia rápida. Por isso, uma alimentação com muito açúcar e grãos refinados significa que você está recebendo calorias sem nutrição e acumulando um estoque de energia que se transforma em ganho de peso.

3. Insira proteínas e fibras

Investir em uma dieta rica em fibras e proteínas é ideal para que o seu organismo possa tirar o máximo proveito nutritivo dos alimentos, oferecendo os melhores benefícios para todos os sistemas do seu corpo.

As fibras podem auxiliar o funcionamento do trato intestinal, além de regular as taxas de glicose, controlar o colesterol e glicemia, melhorar a digestão e promover sensação de saciedade. Já as proteínas são nutrientes fundamentais para órgãos, hormônios e músculos, aumentando a massa magra, reduzindo gordura abdominal, controlando a diabetes e diminuindo a pressão arterial.

As fibras podem ser encontradas em cereais, frutas, legumes e leguminosas, além de alimentos integrais e frutas secas. Já as proteínas, por sua vez, podem ser encontradas em animais, ovos e leites, bem como brócolis, aveia, leguminosas, sementes, amendoim e soja.

4. Pratique atividades físicas

O corpo do ser humano não foi feito para ser sedentário. Se isso acontece, o acúmulo de gordura aumenta e outros problemas de saúde surgem. Por isso, reorganize a sua rotina para manter uma frequência de exercícios físicos de, pelo menos, 3 vezes por semana.

Exercícios de força e de resistência, como a musculação e as ginásticas localizadas, são ideais para a queima de gordura, assim como para a diminuir a flacidez da barriga. No entanto, as caminhadas intensas, as corridas ou as peladas também são bem-vindas nesse processo.

5. Aposte na corrida

Essa modalidade esportiva superacessível e prática vem ganhando cada vez mais adeptos — e não é para menos. Além de ser muito simples, ela ainda oferece várias vantagens para quem deseja diminuir a flacidez na barriga.

Entre seus benefícios podemos citar o aumento da capacidade cardiovascular, a redução dos níveis de colesterol, elevação da disposição física, melhoria da circulação sanguínea, melhoria no humor, redução de sintomas de ansiedade e depressão e promove a melhoria da capacidade cognitiva.

6. Tente abdominal infra

O abdominal infra é uma ótima modalidade de exercício no solo que fortalece o tronco e pode ser praticado com facilidade em casa. O principal movimento efetuado durante essa prática é a flexão do quadril, ativando os músculos da região como um todo.

Basta deitar-se apoiando bem as costas sobre um colchonete ou banco e dobrar os joelhos, trazendo-os em direção ao tronco, levantando os quadris do chão e contraindo os músculos o máximo que conseguir.

7. Use a suplementação

Quando a alimentação e a rotina de treinos já fazem parte do seu cronograma, a suplementação pode ser uma aliada. Alguns suplementos podem auxiliar na queima de gordura, diminuir a flacidez e estimular a produção de colágeno e ganho de massa magra. No entanto, busque um profissional da saúde para indicar o melhor produto.

8. Use colágeno

O colágeno é a proteína mais abundante do nosso corpo, funcionando como um “tijolo” na construção dos tecidos. Porém, com o passar do tempo, a fabricação natural pelo organismo diminui. Por isso, quem busca diminuir a flacidez na barriga precisa usar colágeno.

A dica é investir em suplementos de colágeno, ajudando nas articulações do corpo, beneficiando a pele e dando aquele up no organismo.

9. Entenda para que serve o Termogênico

Falamos sobre a importância de entender para que serve o termogênico na redução da flacidez abdominal. O termogênico nada mais é que um queimador de gordura, já que produz mais calor que o normal em nosso organismo, potencializando a forma como queimamos as calorias.

Juntamente da prática de exercícios físicos, o termogênico auxilia no processo de emagrecimento saudável e diminui muito a flacidez na barriga. Você pode tomar esse suplemento tanto antes quanto depois dos treinos, o importante é conversar com um profissional da área para entender a indicação e dosagem.

10. Beba (muita!) água

A hidratação com água ajuda no funcionamento dos órgãos, como o fígado, para metabolização da gordura, e para conseguir aproveitar melhor a energia. Também contribui para evitar a retenção de líquido, inchaço e promove a melhoria do funcionamento do intestino.

Por fim, diminuir a flacidez da barriga exige um conjunto de ações, mas não é nada impossível de conquistar. O segredo não é seguir as dicas acima até chegar ao seu objetivo, mas usá-las como uma nova rotina de vida para prolongar a juventude, ter mais saúde e melhorar o aspecto da pele.

Agora que você já sabe como diminuir a flacidez na barriga e para que serve um termogênico nesse processo, você pode aplicar nossas dicas no seu dia a dia e ver os resultados na prática.

Para ajudar nisso, confira a seleção de produtos B3 Farma e garanta o melhor para sua saúde e qualidade de vida!

Você também pode gostar

Deixe um comentário