Conheça os benefícios do colágeno e como consumir

Conheça os benefícios do colágeno e como consumir
7 minutos para ler

Os benefícios do colágeno para a saúde são inúmeros, porque é uma substância essencial. Ele pode ser encontrado em grande quantidade no corpo, como na pele, nas cartilagens, nos tendões, nos ossos, nos músculos e nos vasos sanguíneos. Isso o torna imprescindível para a formação do sistema fibroso, para a restauração e a reposição das células mortas do corpo.

O colágeno é formado por um grupo de proteínas que, embora seja produzido naturalmente pelo corpo, com o tempo, sofre uma diminuição em sua produção, sendo necessária a reposição. Ele pode ser obtido por meio da alimentação, do consumo de gelatina e carne, de suplementos alimentares (em cápsulas ou pó) e em cremes para tratamento da pele (nutricosméticos).

Quer descobrir mais informações sobre o assunto? Então, continue a leitura do artigo e confira detalhes sobre o colágeno! Você vai entender para que ele serve e os benefícios que ele proporciona para a saúde e a beleza do corpo. Vamos lá?

Saiba para que serve o colágeno

O colágeno é muito indicado para melhorar estrutura, elasticidade e fortalecimento da pele, cabelos e unhas. Com o passar dos anos, o corpo tende a diminuir a produção dessa proteína. Com isso, a estrutura da pele passa a perder sua integridade, contribuindo para o surgimento de rugas, além de enfraquecer a cartilagem das articulações.

Nas mulheres, a perda dessas proteínas é ainda mais evidente, já que, após a menopausa, há uma redução da síntese (formação) de colágeno. Isso ocorre, normalmente, a partir dos 60 anos, quando é notado um declínio na sua produção, tornando necessária sua reposição por meio de suplemento.

Veja os benefícios do colágeno

O colágeno traz diversos benefícios para a saúde de unhas, cabelos, pele, ossos, cartilagens, metabolismo, entre outros aspectos, conforme comentamos, a seguir.

Fortalece as unhas e cabelos

O colágeno forma uma matriz na qual os minerais se fixam para deixar as unhas e cabelos fortes e com um crescimento equilibrado, evitando quebras e perda de fios. Ao ingerir essa proteína com outras substâncias, como cálcio, minerais, vitaminas e aminoácidos, esses efeitos são ainda mais perceptíveis, porque são potencializados. Esse é o caso da vitamina C, um potente auxiliar na produção de colágeno.

Facilita os exercícios físicos e ajuda no metabolismo

Você sabia que o colágeno também ajuda na flexibilidade e facilita a realização de atividades físicas? Isso é possível porque ele atua na recuperação muscular e no aumento da massa magra. A partir disso, é possível acelerar o metabolismo do organismo e promover a saciedade, adiando a vontade de comer.

Fortalece as articulações, prevenindo dores

O colágeno ajuda na prevenção e tratamento de enfermidades que atingem as articulações, como o reumatismo. Essa substância também tem papel fundamental na diminuição das dores dos pacientes com degeneração das cartilagens.

Para isso, o colágeno mais indicado é o UC-II, ou colágeno tipo II, não desnaturado, que age com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis.

Aumenta a elasticidade da pele e previne rugas

Por ter uma função de elasticidade e firmeza dos tecidos, o colágeno hidrolisado auxilia na prevenção do aparecimento de rugas e estrias. Para garantir melhores resultados, é possível utilizar o colágeno, também, na versão de creme hidratante e, assim, ajudar a manter uma pele mais hidratada.

Melhora a saúde do coração

A suplementação de colágeno pode ajudar a diminuir as probabilidades de aparecimento de doenças relacionadas ao coração. Segundo especialistas, a baixa ingestão de colágeno tem relação direta com os vasos sanguíneos frágeis — o que deixa o corpo exposto a diversas enfermidades e riscos de doenças cardiovasculares, como o AVC.

Aumenta a massa muscular

A suplementação ajuda a aumentar a massa e a força muscular, por promover a síntese de proteínas musculares, como a creatina. Ela também pode ser muito útil para atletas e para evitar ou ajudar no tratamento de pessoas com sarcopenia, que se refere à perda da massa muscular (massa magra) que ocorre com o envelhecimento.

Auxilia no processo de cicatrização

O colágeno é uma das principais proteínas da constituição do tecido conjuntivo. Além disso, conforme comentamos, ele contribui para a resistência e a elasticidade da pele. Por isso, é fundamental para o processo de cicatrização.

Ele age restaurando as estruturas da pele quando ocorre a maturação da cicatriz. Mas é importante saber que não é qualquer colágeno que apresenta essa função. Para isso, as melhores opções são o tipo 1 e o verisol.

O colágeno tipo 1 auxilia na cicatrização porque age de maneira sistêmica, ou seja, ao suplementá-lo, o organismo direciona a substância para onde você mais precisa. Assim, caso você tenha alguma parte do corpo em processo de cicatrização, é exatamente para lá que ele será enviado.

Já o colágeno verisol, muito utilizado para cuidados estéticos, também é importante para a cicatrização porque atua na matriz extracelular. Dessa forma, ele consegue acelerar a recuperação da pele de dentro para fora, promovendo melhorias, também, nos casos de:

  • celulite;
  • flacidez;
  • linhas de expressão.

Reduz e ajuda a prevenir a perda óssea

Os benefícios do colágeno vão além da parte estética, já que ele atua na estrutura e firmeza aos ossos, mantendo-os fortes. Porém, conforme já comentamos, o processo de envelhecimento reduz a quantidade dessa substância no organismo, afetando também os ossos.

Com isso, eles ficam enfraquecidos e menos densos, aumentando o risco de fraturas, além de prejudicar a cicatrização. Segundo pesquisas, os suplementos de colágeno hidrolisado ajudam a fortalecer e aumentar a densidade óssea, contribuindo para a prevenção e tratamento da osteoporose e osteoartrite.

Entenda como consumir o colágeno

A partir dos 30 anos, já é recomendado fazer a reposição do colágeno, pois é nessa idade que começa a ocorrer a perda da proteína. Mas a suplementação também pode ser feita mais cedo, por pessoas que ficam muito tempo expostas ao sol, assim como as fumantes ou as que mantêm uma alimentação pouco saudável.

Todos esses fatores prejudicam a saúde da pele, estimulam o envelhecimento precoce e interferem na produção natural de colágeno no organismo. Os suplementos podem ser encontrados em pó ou cápsulas. A quantidade recomendada é de 8 a 10 g por dia, junto às refeições, em qualquer horário.

A ingestão de colágeno com vitamina C é importante, pois ela potencializa os seus efeitos no organismo. Muitos suplementos já contêm essa substância em sua fórmula, sendo importante dar preferência a esses. Mas, se não for possível, basta substituir a água para tomar a cápsula, por algum suco cítrico, como os de limão ou laranja.

Como você pôde verificar, os benefícios do colágeno são diversos e a suplementação dessa substância é essencial, especialmente, após os 30 anos. Mas antes de optar por cápsulas ou fórmulas em pó, é sempre importante consultar um médico para saber a exata necessidade do seu organismo e, assim, obter o melhor proveito do suplemento.

E você, já suplementa colágeno ou pretende suplementar? Deixe o seu comentário!

Você também pode gostar

Deixe um comentário